Notícias de Última Hora

Mãe é investigada pela polícia por queimar filha



Uma mulher de 25 anos é investigada pela Polícia Civil por queimar a filha, de 8 anos, em Olinda. A criança sofreu lesões na boca e no peito. Nesta segunda-feira (18), a criança foi retirada de casa, no bairro de Águas Compridas, segundo o Conselho Tutelar. 
O caso ocorreu na quarta-feira (13) e a queixa foi registrada na Delegacia de Peixinhos nesta segunda-feira (18). A mãe da criança, afirma que as queimaduras ocorreram por causa de um acidente e nega ter ferido a filha por vontade própria.
"Hoje, todos compareceram à delegacia, inclusive a mãe. Ela diz que foi um acidente, mas estamos investigando o caso", afirma.
De acordo com o conselheiro Eurico Guedes, o caso chegou ao Conselho Tutelar de Olinda por meio de denúncias.
"Eu recebi a denúncia e fui até o local verificar. A criança afirma que foi queimada porque estava com dificuldades para fazer uma tarefa da escola. Foi aí que a mãe usou uma colher quente para queimá-la. A garota diz que foi a primeira vez que isso aconteceu", diz o conselheiro.
Nesta segunda-feira (18), a criança foi levada ao Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, no Centro do Recife, onde passa por exame de corpo de delito.

Redação Litoral PE





Nenhum comentário